segunda-feira, 6 de julho de 2009

JOÃO-DE-BARRO - CIPÓ DE SÃO JOÃO E MINHAS ANDANÇAS PELO MATO

Domingo é para mim um dia muito especial. É quando saio de casa e faço o que mais gosto, passear pelo mato e ver de perto a riqueza da nossa flora e fauna. Hoje saimos por uma estradinha cheia de curvas e muito mato. De primeira avistei uma linda siriema e como minha câmera não é lá essas coisas não consegui tirar uma boa foto para postar aqui, por isso, só para ilustrar pesquei esta foto do site Inema quem quiser maiores informações sobre esta bela ave sul-americana pode acessar o site, lá tem muitas informações e fotos.


A Siriema, ave típica da região central do Brasil, sobrevive tanto no cerrado virgem quanto nas regiões mais desenvolvidas do país.


Meu passeio de ontem foi com motivo especial, sai para fotografar uma das minhas flores silvestres preferidas e que está no auge da estação: o cipó-de-são joão, ele só floresce nesta época do ano, daí o seu nome pitoresco. Entretanto, a quantidade de ervas medicinais que encontrei em apenas 2 metros de beira de estrada me deixou perplexa, não tirei fotos por não ser o caso, mas vale a pena enumerar algumas: macela, alecrim-vassoura, carqueja, jurubeba, algodãozinho-do-cerrado, pé-de-perdiz, velame, suma, enfim, ficaria uma lista enorme. Nossa flora medicinal é riquíssima. O próprio cipó-de-são joão é um medicamento valioso além de ser uma das flores mais lindas que conheço.



Eu não sou a unica a ter experimentado o doce mel de suas flores, creio que toda criança que cresceu em fazenda ou mesmo em cidades do interior do país, teve o prazer de colher suas flores e qual beija-flores, sorver seu doce nectar, dizem que é tóxica mas nunca soube de alguma criança que tivesse passado mal por ter provado do seu mel.



Nome Científico: Pyrostegia venusta
Sinonímia: Bignonia ignea, Bignonia venusta, Pyrostegia ignea, Bignonia tecomiflora, Pyrostegia acuminata, Pyrostegia dichotoma, Pyrostegia intaminata, Pyrostegia pallida, Pyrostegia parvifolia, Pyrostegia reticulata
Nome Popular: Cipó-de-são-joão, flor-de-são-joão, cipó-vermelho
Família: Bignoniaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Brasil
Ciclo de Vida: Perene
Trepadeira muito utilizada na decoração das festividades de São João em todo o Brasil. Produz muitas inflorescências, compostas de pequenas flores alongadas e alaranjadas em pleno inverno destacando-se. É uma planta interessante quando queremos ter flores vistosas nos meses frios. Cobre muito bem pérgolas, cercas, treliças, muros e caramanchões.

Devem ser cultivadas em solo fértil com regas regulares, sempre a sol pleno. Uma boa adubação com farinha de ossos e cinzas estimula uma floração abundante. É frequente observá-la nas matas a beira das estradas. Multiplica-se por sementes e por estaquia.

Uso medicinal:
Indicações: Diarréias e desinterias, leucoderma, vitiligo.
Propriedades: Tônico.
Partes usadas: Flores, folhas e raízes.

Colhi algumas e fiz este colorido arranjo para decorar a mesa do almoço de domingo, olha só como ficou lindo:

Mas o passeio prosseguiu e olhem só o que encontrei na beira da estrada:




É, realmente vale a pena sair de casa e andar por ai, assim, a toa, as surpresas estão a cada curva do caminho e Deus mostra Sua face em cada momento, em cada parada.


9 comentários:

Tânia Saj disse...

Minha amiga....eu adoraria sair em andanças contigo nestes domingos....certamente iria aprender tanta coisa contido e ficar mais encantada com seu conhecimento do que já sou!
Mais um post excelente!
Beijão

Larissa Guimarães disse...

Queridos seguidores,

Muito obrigada por todo o carinho...
lá no meu site tá rolando um super sorteio pra todos vcs...
Espero vc e seu comentário por lá

bjus no coração!
Larissa Guimarães
www.larissaguimaraes.com.br

maria rosa disse...

Querida Marcia, desearte desde la orilla del Mediterraneo el mayor de los abrazos.
Hace tiempo que dejé el blog, pues empecé le traslado a mi nueva casa y todavia no he terminado, queda mucho por hacer, además empiezo la temporada de verano junto amis hijos y nietos y hasta finales de agosto no estaré en Barcelona.
A mediados de septiembre volveré a mi rutina de quehacer diario después del verano.
Además el 12 de septiembre se casa mi hija Laura y quiere que yo le haga el vestido.... esto me preocupa un poquito, pues quiero que me salga lo mejor que haya hecho, pero seguro que sí, pues lo haré con todo mi cariño.
Un abrazo y un beso muy, muy fuerte, hasta septiembre.
maria rosa.

NANCY FRANCO disse...

Abelhinha...voce está com tudo aí, hem???? Tenha belos dias...adorei!

Simplesmente Mariza disse...

Márcia, que bom , fiz uma viagem em minha imaginação, quase consegui sentir o perfume do campo, quase senti meu coração pulsar mais forte ao ver as cores destas flores fantásticas, quase ouvi o joão-de-barro cantar, quase senti a grama em meus pés, quase degustei o mel destas flores, quase senti a companhia de ti neste passeio.... Beijos.

Larissa Guimarães disse...

VC está muito sumida...
adoro tudo que escreve aqui, e já comi muito o mel do cipó de São João ...

Primeiro queria agradecer a paciência e sempre as palavras carinhosas que vcs tem comigo e com meu cantinho.
Esse mês de Agosto vamos fazer mais brincadeira com vcs queridos seguidores...

Você que ainda não Seguidor do meu site... Não percam tempo.

Sorteio de um conjunto de Morangos

Você que já é nosso seguidor(a) comente nessa postagem deixando seu e-mail para contato
No dia 29 de Agosto (sábado) as 19h vou sortear um kit dos meus produtos para os participantes É uma singela maneira de retribuir todo o carinho e atenção de vocês!

Regras do Sorteio:

1- Ser seguidor do Artesanato Capixaba;
2- Enviar um comentário com seu e-mail nessa postagem até dia 28/08/2009;
3- Só pode concorrer com uma conta de e-mail por pessoa;
4- Mandar um e-mail para artesanatocapixaba@gmail.com com seu nome completo endereço e CEP.

Gratissima disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Bazza disse...

Gostei muitíssimo deste blog!
Estou às vésperas de ir também, finalmente, para pertinho da natureza,e por enquanto, ando "futucando" na internet, à busca de subsídios e informações para o que desejo cultivar.
Encontrei esta bela matéria do Cipó São João, e me ocorreu uma pequena contribuição de informação, sobre esta planta, de uma utilização de que sou testemunha, aqui em Florianópolis: o cipó São João é muitíssimo utilizado em cestaria, na tradição Caiçara, sendo a primeira matéria prima. Com êle faz-se cêstos, bruacas, samburás. Os cêstos são de variados tipos, para variadas utilizações. As bruacas, quase extintas ( um dos últimos lugares onde ainda se faz, é no Sertão do Peri), são cestos duplos, para por-se em cavalos ou mulas, para transporte de cargas, e os samburás, são cestos especiais, longos, e de gargalo estreito, para coletar sirís.
Abraço, e parabéns!

Donizete de Castilho disse...

Primavera
 
Quando o inverno terminava, Vinha a primavera, E  então, Com o dia mal começado, Descalço,
Eu pisava o chão.                    Caminhava pelos pastos verdes, Rumo a Escola Mista
Da Fazenda Cerrado... Aquele caminho era muito bom! No caminho sugava o néctar Das flores, Iguais as abelhas... No Cipó de São João.


Autor: Prof. Donizete de Castilho/Guarulhos/SP
donizetedecastilho@yahoo.com.br

Related Posts with Thumbnails